Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ANTENA FLUMINENSE DE NOTÍCIAS

Notícias e atualidades

BRASIL : A "DEMOCRACIA" DOS CORSÁRIOS .

por Cimberley Cáspio, em 02.04.14

Por Cimberley Cáspio

foto: francilenogois.blogspot.com

 

 

1 bilhão e trezentos milhões de dólares,foi quanto a PETROBRÁS pagou por uma refinaria nos E.U.A e não levou. Aproximadamente 2 bilhões e 700 milhões de reais jogados no ralo,que nesse momento bancaria toda logística da engenharia das Forças Armadas,para resgatar trabalhadores - caminhoneiros - presos pela água no norte há 40 dias. Caminhoneiros que sofrem dia a dia,parados na transamazônica, com  escassez de tudo, e se deprimindo cada vez mais,com saudades da família,e sem saber quando voltarão para casa.

 

Enquanto que o Nero do Acre,quer dizer,o governador Tião Viana,gasta 14 milhões de reais de verba pública,na compra de 5 mil bicicletas importadas da China,em pleno andamento de uma crise climática sem precedente,com o argumento de que serão entregues a alunos e professores da zona rural do estado,hoje,totalmente atingido pela cheia histórica do rio acre,que continua subindo e ganhando volume...Pergunta : pra que serve bicicleta na enchente? O transporte óbvio é a canoa.Se fosse bicicleta anfíbia,tudo bem,mas não são bicicletas anfíbias,são bicicletas motorizadas,que com certeza não servirão pra nada dentro d'água...E por outro lado,mesmo que a situação climática na região volte ao normal,sabemos que dificilmente a maioria dos alunos e professores da zona rural do estado do Acre,serão agraciados com o transporte da "China". Enfim,esses 14 milhões de reais,que irão parar nos cofres de uma fábrica de bicicleta,corre também o risco de ir pro ralo, enquanto a população do estado pede socorro,contando 200 mil desabrigados até agora. E o governador,junto com senadores e deputados da região,continuam em Brasília,pedindo ao governo federal,mais verbas públicas para o gerenciamento e  operacionalidade da crise em questão.

 

Pergunta: qual é a desses políticos nortistas? Querem mais verbas para quê? Vão comprar o que mais da China agora? Porque depois dessa,é difícil acreditar que a gestão política acreana,realmente está querendo amenizar o sofrimento do seu povo,pois o que parece é que estão mais pra apostar numa retração da vazão do rio,e ficar com o dinheiro da verba emergencial do que aplicá-la diretamente na questão do problema...E que problema.

 

Sendo assim,o sofrimento humano no norte,destacando os estados de Rondônia e do Acre, continua enorme,uma catástrofe,tanto para os que foram a trabalho e agora não conseguem retornar,como os caminhoneiros,quanto a própria população atingida; enquanto que o Estado Brasileiro,está  preocupado com a Copa do Mundo e fantasmas do passado.