Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

ANTENA FLUMINENSE DE NOTÍCIAS

Notícias e atualidades

EBOLA QUEBRA CONTENÇÃO E ALCANÇA A ITÁLIA. EUROPA EM RISCO.

por Cimberley Cáspio, em 01.05.14

Fontes: (Google Translation via da Itália Vnews24 ) 

             REUTERS

            TRN

             Pandemic Preparedness 

             http://undhorizontenews2.blogspot.pt/2014/04/ebola-pode-ter-chegado-europa.html



reproduzido e editado p/ Cimberley Cáspio


imagem:cpadnews.com.br


Embora funcionários da Organização Mundial de Saúde estejam trabalhando febrilmente para impedir a propagação do vírus Ebola  em sete países africanos, seus esforços podem ter sido em vão.  


Na Guiné, um ponto fervente para o contágio mortal, as autoridades de saúde do governo disseram que o surto está quase sob controle,quer dizer,quase. ” No entanto, reportagens da Reuters disseram que o governo "tomou a decisão de parar de divulgar o número de mortos para não causar pânico desnecessário." 


Apesar dos melhores esforços dos trabalhadores de saúde de emergência, parece que o vírus pode ter atravessado para fora da África e ter entrado na Europa.


O surto do vírus ebola em sete países do oeste Africano  rompeu todos os esforços de contenção e está se espalhando como um incêndio.  De acordo com Grupos de ajuda humanitária cristã, que trabalha na Guiné e Libéria, o número de infecções confirmadas saltou de 15% apenas nas últimas 24 horas. Além disso, 40 trabalhadores migrantes ilegais da área do surto, que desembarcaram em Pisa, Itália, estão mostrando sinais de infecção por Ebola e estão sendo isolados em Pisa na  Itália por causa de uma febre e "conjuntivite" (sangrenta ao redor dos olhos). 

 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, esta estirpe do vírus Ebola é inteiramente nova e, embora seja perto da cepa Zaire, é diferente, respondendo, assim, para resultados de testes falso-negativos. . . . . . . . .  por semanas!

 

Os resultados falso-negativos significam que pessoas que estavam realmente infectadas com o Ebola, foram devolvidas às suas famílias e bairros para se recuperar do que eles acreditavam que era uma gripe ou um caso de intoxicação alimentar, apenas para espalhar o Ebola ainda mais. O resultado foi uma completa perda de contenção deste surto de Ebola.


Com a chegada provável do Ebola em Pisa, Itália, o continente europeu está agora em risco grave. Funcionários italianos negam os relatos, mas a imprensa alternativa no país sugere que esta é a razão para um fechamento completo de um hospital em Pisa, onde acredita-se estarem ali,isolados, os 40 indivíduos infectados. Outros relatórios escorrendo a partir de várias fontes, como as mídias sociais, indicam que o vírus também pode ter sido detectado à cerca de 50 quilômetros a partir de Pisa, na Toscana, Itália.

 

A história que apareceu sobre o surto, em fios de notícias nacionais foi  retirada pelo governo italiano por "razões de segurança nacional", o que sugere que há mais do que os relatórios oficiais italianos estão dispostos a expressar para o público neste momento.


Apesar de terem negado que o hospital Pisa foi bloqueado devido ao Ebola, eles parecem estar se preparando para a possibilidade de uma epidemia grave em Roma e Milano.


  (Google Translation via da Itália Vnews24 ) 

 

E há um 'mistério sobre os quarenta casos hipotéticos de Ebola registrados em nosso país.O vírus é particularmente comum no continente Africano - os casos "oficiais" foram registrados no Senegal, Mali e Gana ,e pode ter chegado na Itália,através do êxodo em massa de imigrantes para as nossas costas. 

 

O primeiro "sino" d 'alarme foi lançado pela Lampedusa.  De acordo com um relatório ,apareceu na rede (e imediatamente removido por razões de "segurança nacional"), na verdade, 16 de abril,data que foi  registrada uma "ilha epidêmica", não confirmada e nem refutada pelo nosso Ministério da Saúde.


Um novo "SOS" sobre a propagação do vírus "Ebola,desta vez, no Bel Paese ,foi detectado na Toscana. Meios de divulgação do choque da  notícia é sempre a rede: blogs e redes sociais; outros sites dedicados destacaram o "Curioso Caso do St. Flushing," centro de recepção em Pisa, fechado ao público devido à presença, dentro dele , de quarenta cidadãos não comunitários que estão com alguns sintomas estranhos. 


Capuzzi Sandra, Conselheiro de Políticas Sociais do Município de Pisa, teria negado o alarmismo de seus compatriotas, classificando o estado de saúde dos refugiados na estrutura hospitalar, nestes termos : "Eles têm apenas uma febrinha, causada por condições de viagem estressante. “ 

 

O medo, entretanto, permanece. Os quarenta possíveis portadores do vírus letal Ebola foram submetidos a todos os testes necessários em situações de alto risco.  A população italiana, no entanto, não  sente  clima de tranquilidade nas informações transmitidas através de vários canais, oficiais e não oficiais. 

 

A tensão aumenta, embora o Ministério da Saúde esteja dizendo ser improvável o surto do ebola aparecer em Roma e Milan.Afirmando que estaria pronto para enfrentar a 'epidemia."


De acordo com a Bolsa do Samaritano , um grupo  Cristão trabalhando ativamente com hospitais e autoridades de saúde na Guiné e Libéria, o  Ebola é tão perigoso que ele pode ser transmitido através do contato humano e pode levar semanas antes que os sintomas apareçam.


O surto de Ebola inicial na Guiné acredita-se que começou quando os caçadores entraram em contato com morcegos infectados.O vírus Ebola é transmitido entre os seres humanos através do contato direto. Uma vez infectado, pode levar até 21 dias para que os sintomas apareçam, que incluem febre alta, dores de cabeça e fadiga.  Nesse ponto, a pessoa infectada, é contagiosa.


Sem expor maiores detalhes, os funcionários da saúde optam por restringir relatos de infecções ao público. É impossível saber exatamente o quão longe o vírus se espalha.


Como notado acima, esta nova estirpe que não foi identificada imediatamente, pode demonstrar resultados falsos-negativos nos exames de sangue de pessoas que venham mostrar possíveis sintomas, mesmo que esses indivíduos já sejam portadores do vírus. Uma vez devolvidos para a população em geral, e supondo que não se contraiu o vírus,  transmitirá para os outros.

 

Se o Ebola tomou conta da Itália, então podemos esperar mais casos relatados em todo o continente nas próximas semanas, com a possibilidade real de que o vírus possa fazer o seu caminho para a costa dos Estados Unidos através de centenas de vôos internacionais que chegam diariamente.

 

É compreensível que os funcionários do governo não queiram exagerar e causar pânico, especialmente na medida em que o transporte aéreo  global está em alta, porque isso levaria a um bloqueio  de aeroportos em todo o mundo.

  

  O pânico será sem precedentes. 


Como observado por Tess Pennington de Pronto Nutrição , "mesmo que o público tome conhecimento de que uma pandemia está em andamento, muitos permanecerão na negação sobre tal perspectiva e  alheio às repercussões a longo prazo."  Ela observa ainda que os efeitos de uma pandemia poderia ser rápida e drástica, levando à revolta social:


Entendendo que a nossa vida está para mudar drasticamente se a população se deparar com uma pandemia,deve-se estar preparado pra ajudar e fazer as melhores escolhas para o bem-estar da família. 

 

Algumas mudanças podem ser: 


Encerramentos de comércio de negócios

Composição da nossa infra-estrutura básica: comunicações, transporte de massa, as cadeias de fornecimento

Interrupções de serviço de folha de pagamento

A falta de pessoal em hospitais e clínicas médicas

Interrupções em equipamentos públicos - escolas, locais de trabalho podem fechar, e reuniões públicas, tais como eventos esportivos ou cultos podem ser fechados temporariamente.

O Governo determinará uma quarentena em casa voluntária ou,de maneira involuntária.

  (Fonte: Pandemic Preparedness )



Dada a expansão continuada do vírus para vários países da África, e agora, possivelmente, na Europa, nós pedimos aos leitores a manter-se vigilantes e ter, pelo menos, os seus fundamentos básicos no local.


Este vírus é incurável e acredita-se que têm uma taxa de mortalidade de até 85% das pessoas infectadas.Se ele está se espalhando fora da África, então é só uma questão de tempo - talvez várias semanas - antes que se torne evidente em países em desenvolvimento. 



As probabilidades postadas abaixo, não são oficiais,  devem ser consideradas apenas como estimativas. 


Probabilidades de infecção demarcadas neste momento, com base em um método de viagem, horários e frequências de vôos para várias cidades, incluindo também alguns volumes assumido de tráfego "marítimo misto" entre o Norte da África e Sul da Europa - a probabilidade de que o Ebola vai atacar é : 

 

63% na Itália em 8 dias 

44% na Espanha dentro de 15 dias 

77% em Riyadh / Arábia dentro de 21 dias 

40% na Líbia dentro de 25 dias 

29% nos EUA dentro de 28 dias 

37% no Egito dentro de 33 dias 

No momento em que chegar a 35 dias, já  poderá estar  em 25 países nos 4 continentes. 

(Fonte: TRN )


Nos Estados Unidos, o CDC emitiu um alerta de viagem para as companhias aéreas e criou postos de quarentena de emergência nos aeroportos nacionais, embora não haja até o momento,  diretrizes específicas em vigor, de acordo com BD Live : 


Os EUA estão bem preparados para lidar com pacientes infectados em seu solo ,com 20 estações de quarentena do CDC nos aeroportos do país, projetadas para lidar com qualquer pessoa que tenha sintomas de uma ampla gama de doenças infecciosas, incluindo o Ebola, de acordo com a porta-voz Christine Pearson.  Apesar do surto, não há pedidos ou diretrizes especiais para as companhias aéreas sobre Ebola , embora o CDC tenha emitido o alerta de viagem, disse ela.

 

"O tempo que leva para viajar de Guiné rural para qualquer lugar dos EUA é mais do que tempo suficiente para incubar o vírus e ser sintomático", disse o Council on Foreign Relations membro sênior Laurie Garrett, em Nova York. Se no próximo mês o Ebola aparecer na América do Norte, então podemos ter um problema sério em nossas mãos.


As declarações oficiais da OMS, CDC e os governos europeus ainda têm de confirmar a ebulição do Ebola na Europa ou nos Estados Unidos.  Atualizações serão fornecidas com detalhes,assim que estiverem disponíveis.


Fonte: http://undhorizontenews2.blogspot.pt/2014/04/ebola-pode-ter-chegado-europa.html

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.