Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ANTENA FLUMINENSE DE NOTÍCIAS

Notícias e atualidades

MORTE EM BRASÍLIA : GREVE OU SUBVERSÃO DA ORDEM ?

por Cimberley Cáspio, em 09.02.14

Por Cimberley Cáspio

 

 

 

 

É fato notório e público que a “operação-tartaruga” desencadeada pela Polícia Militar do DF,resultou na morte de 18 pessoas nos últimos finais de semana por falta de policiamento ostensivo,fora os roubos a residência em andamento,onde os próprios moradores estão fazendo como podem para minimizar o máximo os seu prejuízos,seja mantendo vigília 24 h , ou eles mesmos (os moradores) prendendo o ladrão e conduzindo-o a delegacia,isso quando tudo corre bem,sem nenhum revide letal por parte do marginal.

 

Diante disso,tal ação da Polícia Militar,é uma ação irresponsável,subversiva e traidora ao país e ao povo,o qual,se jurou proteger e defender. Tal movimento não pode ser qualificado como greve,pois por mais prejuízo que o povo sempre tenha num ato de greve,a morte de civis por falta da presença da Polícia que não se fez presente por questão de um movimento subversivo, extrapola qualquer direito democrático de greve,o que coloca o governador e todo alto escalão da Polícia Militar de Brasília numa situação de grave consequência nacional,que de maneira nenhuma pode servir de exemplo para as demais corporações militares do país,se fazendo necessário então por parte do Governo Federal,uma urgente intervenção na Capital ,com a destituição e prisão do governador,do alto escalão da Polícia Militar e todos os oficiais subalternos envolvidos…todos,os quais em seguida devem ser processados na justiça militar por traição ao país,subversão e crimes contra a humanidade,pois o ato gerou morte de civis que poderia ser impedida se a Polícia estivesse presente na área,cumprindo a sua obrigação.

 

Tal insubordinação jamais aconteceria em países como à Rússia,ou China,por exemplo,pois os responsáveis com certeza,se não fossem condenados a morte,pegariam prisão perpétua. E por mais que o Governo Federal venha agir na Capital,o que acho que não vai agir,o Governo Federal também é responsável por essas mortes ocorridas e tem responsabilidade indenizatória as famílias vitimadas,pois tudo vem ocorrendo praticamente ao lado da janela do Palácio do Planalto,o que se faz inadmissível um fato desse provocado por militares,os quais,prezam pela obediência e disciplina hierárquica,ser ignorado pela Presidente e deixar correr solto. Inadmissível,vergonhoso para um país patrocinador da Copa do Mundo.

 

Sendo assim,esse mal exemplo precisa ser punido com rigor,não pelo governo de Brasília e sim pelo Governo Federal,pelo qual, se não o fizer,corre o risco da coisa espalhar e a desordem explodir de forma muito mais grave e esse filme,como já estamos vendo,está sendo passado na Síria nesse momento.