Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ANTENA FLUMINENSE DE NOTÍCIAS

Notícias e atualidades

O TELEFONE 132 É PARA QUEM QUER AJUDA PARA SE LIVRAR DAS DROGAS.

por Cimberley Cáspio, em 20.08.15

Por Portal Brasil

Imagem: anonimorealista.wordpress.com

 

 

O Serviço de Orientações e Informações sobre Drogas, o Ligue 132, desde que passou a operar 24 horas por dia, já realizou 140.935 atendimentos em todo o País. Nos primeiros sete meses de 2015, foram 15.489 ligações na qual houve atendimento relacionado ao uso de substâncias psicoativas. 

 

O Ligue 132 é um serviço gratuito e anônimo criado em 2005 para atender pessoas que necessitam de ajuda a problemas relacionados ao uso de cocaína, maconha, álcool e tabaco, entre outras substâncias. É um projeto do Ministério da Justiça por meio do programa "Crack, é possível vencer".

 

Alcoolismo

 

Nesse período, o álcool foi a substância mais questionada pelas pessoas, com 61.138 casos. De acordo com a supervisora de call center Bárbara Diniz, as ligações envolvendo o álcool são de usuários e de familiares preocupados com o aumento desse consumo.

 

“Cada caso é uma demanda específica, mas é sempre importante acolher informando locais de tratamento. Ainda oferecemos um serviço no próprio Ligue 132 de apoio e orientação com o objetivo de parar o uso da substância”, relata.

 

A supervisora lembra também que muitas pessoas que buscam orientações no serviço não consideram o álcool como uma droga, o que ajuda no aumento do consumo.

 

“Primeiramente, a informação precisa ser passada de uma maneira clara e explicar que álcool é sim uma droga, porém lícita para maiores de 18 anos. Eles não consideram o álcool como droga, mas na verdade o uso é tão ou mais grave quanto às demais substâncias. E isso é um problema para a pessoa, que pode não perceber o quanto o álcool pode prejudicá-lo.”

 

Cocaína e tabaco

 

As outras substâncias mais questionadas no serviço no mesmo período foram cocaína (com 60.571) e tabaco (com 52.510), sendo que uma ligação envolve diversas substâncias. O Ligue 132 também oferece um serviço de acompanhamento personalizado. Caso o indivíduo queira participar, ele receberá um número de protocolo e será agendada uma nova data na para retornar a ligação.

 

De acordo com a coordenadora do Ligue 132, Maristela Ferigolo, esse tipo de atendimento tem como objetivo interromper o uso de uma substância.

 

“Sem dúvida o apoio personalizado possibilita uma atenção específica para cada caso. O usuário se sentindo motivado terá mais chances de mudar seu comportamento-problema. É muito importante o acompanhamento do usuário, pois não basta interromper o uso, mas sim continuar em abstinência, lembrando que as recaídas fazem parte do processo de recuperação.”

 

São Paulo foi o estado com o maior número de ligações, com 19.663 atendimentos únicos. Rio de Janeiro foi o segundo, com 9.649, e Rio Grande do Sul o terceiro, com 9.574.

 

Sobre o Ligue 132

 

O Ligue 132 é um serviço do programa “Crack, é possível vencer”, financiado pelo governo federal, que tem como objetivo prevenir o uso de drogas no País. É uma parceria com a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre e Amtepa. O serviço atende de forma sigilosa e anônima 24 horas por dia, incluindo feriados e finais de semana.

 

 

 

Fonte: Ministério da Justiça.