Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ANTENA FLUMINENSE DE NOTÍCIAS

Notícias e atualidades

OFERTAS DE EMPREGOS INTERNACIONAIS,PODEM SER ARAPUCAS ESCRAVOCRATAS.

por Cimberley Cáspio, em 15.07.15

Por Cimberley Cáspio

 

 

Resultado de imagem para Foto: agente escravocrata

Imagem:inversocontraditorio.blogspot.com

 

Um poderoso tráfico de escravos de origem africana e asiática,corre como um rio, na direção da Arábia Saudita,Kuwait,Índia,Nepal,Bangladesh,Eritreia,Costa do Marfim,Uzbequistão, etc. Como a demanda nesses países é grande, há agentes escravocratas espalhados pelos países pobres e emergentes, atraindo os futuros escravos,com promessas de emprego na Europa e na Ásia. Com escritórios montados,usam publicidade na mídia local,outdoors,e panfletagem, com conteúdo de proposta de emprego internacional para ninguém botar defeito. 


O atendimento no local para o candidato,ou candidata,é humano, e super prestativo. Em nenhum momento,dá pra se desconfiar de que aquele lugar,seja a porta do inferno. 


E depois que desembarca no aeroporto de destino,é que vê a assustadora realidade. Ali,o dono do escravo já está esperando,paga o agente, e segue com a sua "mercadoria".


Algumas ONGs, que se dedicam ao trabalho de resgate, tem tido pouco sucesso, pois em alguns países de origem, o apoio governamental para repatriar as vítimas desse tráfico, tem sido pífio, mas mesmo assim, os voluntários, só se dão por satisfeito,quando entregam às vítimas às famílias.


O risco é grande,mas segundo membros do Centro de Traumas para às Vítimas do Tráfico de Seres Humanos,em Camarões, o trabalho,mesmo sendo arriscado,é compensador e emocionante.


"Há muito escravos na África,como por exemplo, 800 mil no Mali, 1 milhão na Nigéria,como também na Ásia, e Oriente Médio",disse Beatrice Titanji, vice-presidente nacional do CTVTSH," e sabemos que o nosso trabalho flui como uma gota no oceano, mas nada disso nos desanima. Continuaremos no objetivo,e resgataremos sempre que houver oportunidade.E o que tivermos que resgatar e entregar a sua família,não importa onde estejam,iremos buscá-lo", finalizou.



Fonte: Allafrica