Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ANTENA FLUMINENSE DE NOTÍCIAS

Notícias e atualidades

RIQUEZAS QUE O POVO BRASILEIRO PERDE A CADA DIA PARA OS BANCOS.

por Cimberley Cáspio, em 02.06.15

Por Cimberley Cáspio

 

Imagem:bcb.gov.br

 


Dificilmente uma moeda com gravuras comemorativas,como por exemplo,Copa do Mundo,Olimpíadas-, nunca chegará às mãos do povo. Assim que o Banco Central envia tais moedas para às instituições bancárias,como por exemplo,às de 1 real,ali mesmo no banco,alguns funcionários já fazem a troca para eles mesmo,por que? Porque no mercado de colecionadores de moedas, a moeda de 1 real com gravuras comemorativas,pode ser vendida pelo preço de 25 reais. E se não quiser vender e esperar por 3,ou 5 anos,a mesma moeda pode ser vendida por no mínimo 3 mil,ou até 5 mil reais.


É difícil então que uma moeda como essa,possa chegar às mãos do povo,assim que for receber,ou sacar alguma quantia na agência bancária. O funcionário ao invés de dar uma moeda comemorativa,pode dar uma moeda de gravura comum,e fica por isso. Quem vai reclamar o quê? Quem vai provar que havia no caixa,moedas comemorativas,e o caixa simplesmente não repassou para o cliente? E que lei obriga o funcionário de banco a pagar com moeda especial? O caixa é obrigado a pagar o valor estipulado,e ponto final. Quanto à questão de repassar ao cliente uma moeda de valor muito maior que o valor de face,não existe lei que  possa obrigá-lo a isso.


E quando o dinheiro vai sair de circulação, não é aconselhável trocá-lo no banco,porque no mercado de colecionadores de moeda,o dinheiro fora de circulação,pode chegar a valer 200 vezes mais que o valor de face. Sendo assim,o melhor é esperar que o dinheiro saia mesmo de circulação e depois repassá-lo à numismática. Não repassá-lo enquanto estiver em circulação,só depois que sair de circulação,aí sim,procurar o mercado de colecionadores de moedas e repassá-lo.


Por exemplo,uma nota de 1 real, já fora de circulação,pode chegar a valer 200 reais. Então por que trocar no banco? Do banco não se ganha nada,quando não é elas por elas,são elas por nada. Eles ganham e ficamos a ver navios.


Se cair em suas mãos uma nota,ou moeda com defeito de impressão,não troque no banco por um valor idêntico. Guarde a moeda,ou a nota,ou troque-a no mercado de colecionadores de moedas,por um valor maior que o valor de face,simples assim. Mas se quiser guardar,e o Banco Central decidir remover tais moedas,ou dinheiro com defeito de impressão,guarde o que puder e espere até o Banco Central tirar de circulação. Logo após,leve os valores com defeito de impressão na numismática,e poderá receber até 700 vezes o valor de face.


Em resumo,do banco só receba,nunca leve nada,nem para trocar,pois se assim fizer,eles ganharão e você vai perder.