Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ANTENA FLUMINENSE DE NOTÍCIAS

Notícias e atualidades

TOCANTINS: INCÊNDIO DESTRÓI MILHARES DE RESERVATÓRIOS D'ÁGUA DOADOS PELO GOVERNO FEDERAL.

por Cimberley Cáspio, em 20.08.15

Por Cimberley Cáspio

 

Enquanto a seca castiga o Tocantins, os políticos locais aumentam a dor e o sofrimento dos que necessitam da água na  região rural do estado. A verdade é que há uma ditadura imposta ao povo, e o regime atua sobre opressão e morte, pois sem água, o sertanejo definha e morre. 


A mídia tem revelado que o governo federal além de enviar recursos para o estado do Tocantins combater a seca, doou milhares de cisternas em números suficientes para atender as famílias flageladas na região, mas a ditadura da água, somente executa uma pequena parcela do trabalho de distribuição e instalação dessas cisternas, e não se dispõe complementar o atendimento total da necessidade que ora depende às famílias, que nesse momento, se deslocam por grandes distâncias para buscar água.

 

Imagem: g1.globo.br

 

Imagem: palmasaqui.blogspot.com

 

Documentado em vídeo, as cisternas estão abandonadas em terrenos cheio de mato, outras abandonadas em terrenos baldios, e outra grande quantidade, botaram fogo, quer dizer, melhor destruir, do que distribuir.

Imagem: g1.globo.com

 

A ditadura da água, não é exclusividade do estado do Tocantins, é uma instituição perversamente antiga, e claro, funciona como uma válvula que abre e fecha, de acordo com os caprichos de quem tem poder de manobra da válvula. Toda subsistência direcionada ao povo, seja água, ou até alimentos doados, a ditadura local é que determina quem vai receber o benefício, e indiferente ao sofrimento humano, atropela direitos e retém produtos vitais à sobrevivência dos mais necessitados. Se os produtos estragarão no tempo,ou faltarão aqueles que deles precisam, enquanto o povo clama, a prioridade é política, e não social. 


Por que melhorar à condição social se a miséria propicia sexo por 3 reais com uma criança pobre, como acontece agora na ilha de Marajó? Por que melhorar à condição social e perder à oportunidade de levar algumas crianças para um quarto de motel,e poder realizar todas às fantasias sexuais por misérias de reais, como tem acontecido, e ainda acontece no nordeste?


Como relatado em outra postagem que escrevi, a democracia é boa,senão ótima para às autoridades, porém as mesmas nos impõem à ditadura. Democracia para eles,ditadura pra nós. Precisam da manutenção e permanência da miséria para se sustentarem no poder e satisfazer os egos pessoais. 


A democracia hoje é fato consumado, não para a maioria do povo brasileiro, principalmente aqueles que vivem nos rincões distantes sem proteção e abandonados.